Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Adivinha!

Adivinha sobre o que vou falar hoje? Um sitio onde posso falar de tudo o que me apetece...

Adivinha!

Adivinha sobre o que vou falar hoje? Um sitio onde posso falar de tudo o que me apetece...

05
Ago15

Quando o destino parece ser cruel demais...

Não quero por em causa o destino, nem os seus ou os desígnios de ninguém. Mas ontem à hora de jantar fiquei dorida, marcada, com muita vontade de chorar, por não conseguir entender ou compreender os motivos que levam a uma mãe ter de lidar com a perda dos 3 filhos, de uma única vez, não que é que eu acredite que se fosse um a um doía menos. Nem consigo imaginar-me no lugar daquela mãe.

Sempre coloquei em causa os motivos que "Deus" teria para levar estas almas, mas agora questiono o destino... Porque tem uma mãe de lidar com tamanho sofrimento? Como se vive depois de uma tragédia destas?

Agarramos-nos ao quê?

A lembranças? Mas isso chegará?

Se fosse numa guerra, a mãe lutaria pela sua própria sobrevivência... E assim? Luta pelo quê?

Como é que a vida poderá continuar?

Continuar para onde?

Quando a mãe só tem um filho, diz-se era filho único coitada não teve sorte!

Não é que a dor seja menor!

Mas como se explica, como se entende e compreende  a perda de 3 filhos ao mesmo tempo?

Não consigo imaginar a tragédia, o sofrimento vivido por aquela família.

Espero que a aquela mãe e aquela família consigam encontrar uma paz, um conforto que os consiga motivar a continuar.

rose-flower-petals-drops-black-white.jpg