Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Adivinha!

Adivinha sobre o que vou falar hoje? Um sitio onde posso falar de tudo o que me apetece...

Adivinha sobre o que vou falar hoje? Um sitio onde posso falar de tudo o que me apetece...

Adivinha!

09
Out18

Esperança


Milheiras

Existe uma luz...

Mas o medo é terrível, medo voltar a acontecer... Medo da perda... Medo da repetição... Medo...

No passado, da outra vez as consultas eram momentos únicos em que nos sentíamos mais perto do sonho, quase que o podíamos abraçar...

 

Hoje as consultas são o medo... O medo do silêncio, da morte quando se quer transbordar de vida...

 

Hoje a Andreia Rodrigues e outra Ana, levaram o tema ao novo programa da Júlia Pinheiro.

Gostava tanto de poder falar com elas ter partilhado a minha dor... Der dito que me sinto culpada, que tal como a Ana não tive coragem para ver...

E que tenha medo, que tenho medo de dizer que há esperança, tenho medo de ter esperança...

22
Ago18

Memories


Milheiras

31 anos depois de ter dormido num beliche, volto a dormir num. Agora é que é um verdadeiro 31, se dantes brigávamos todos porque todos queriam ficar no beliche de cima. Agora brigamos porque todos querem ficar no de baixo...

 

E que ligação é esta que 20 anos depois nos encontramos, e parece que a última vez que nos vimos foi ontem... 

11
Ago18

Maternidade


Milheiras

Ele disse :"Quando ficares grávida, não vou contar a ninguém, só vou saber quando não der para esconder". 

Foi doloroso encontrar a grávida que estava grávida quando eu estive, e ver que o filho dela está lindo!! Depois ver as grávidas orgulhosamente exebirem as suas barrigas... É doloroso.... 

 

E se eu não conseguir ter mais filhos???

O que farei com todo este amor que carrego desde que me negaste a honra de seres meu filho?? 

24
Jul18

Vidas


Milheiras

No ano passado foi o pesadelo em Portugal, o meu lugar do coração quase desapareceu ... Este ano foi lá longe, na Grécia... Mas ainda assim não deixa ninguém indiferente... Que tristeza! Dezenas de vidas perdidas... Malditos incêndios que destroem tudo por onde passam, que nos deixam impotentes perante a sua monstruosidade. Que deixam um rasto de luto, perda e dor... Que nos fere as entranhas! 

08
Mai18

Vida


Milheiras

Fez um ano no domingo, dia da mãe... Sentimento estranho... Parece que foi ontem e ao mesmo tempo parece que já foi à tanto tempo. Como se pode ter saudades de alguém que nunca se conheceu?

E a vida corre como sempre... Indiferente... Continuam a nascer e a morrer pessoas, a lidarem com doenças, a lutarem pela sua sobrevivência...

E a minha vida continua, o tempo continua a passar, o medo esse teima em não me largar... Mas também há-de passar... 

 

15
Mar18

Insónias


Milheiras

Hoje adormeci com olhos rasos de lágrimas e um sentimento de solidão. Este sentimento que me acompanha desde sempre...

Acordei com o cheiro a queimado dentro do meu nariz... Percorri a casa e felizmente nada! 

Agora o sono abandonou-me... Mas este frenesim pelo corpo não... 

29
Jan18

Mais um Adeus!!!


Milheiras

Imagem relacionada

 

Queria ter ido visitá-la, e ao mesmo tempo tinha medo de ir...Acabei por não ir...

Hoje partiu!

Partiu uma amiga, com 86 anos.

"E a coisa, é como ela, é!"

Dizia muitas vezes, quando não havia volta a dar.... Agora sou eu quem digo:"E a coisa, é como ela, é!"

Era um ÁS, no jogo da Sueca, chegou a trazer prémios para a Universidade Sénior.

Tornou o seu sonho realidade, ainda no ano passado, quando esteve cá a minha Profª de visita ela disse:  que sempre disse que não queria morrer sem aprender a ler, e aprendeu!

Depois dos 75 aprendeu a ler e a escrever, foi comigo à Universidade, era um exemplo!

Era a minha companheira para todas as atividades...

 

"E a coisa, é como ela, é!"

 

Até Sempre!!!

Até um dia destes!!

 

 

22
Jan18

36


Milheiras

E assim chegaram os 36! Juntamente com uma convocatória do IEFP para ir para um curso de formação, mais um... É desesperante! Se era isto que esperava quando tivesse 36? Não, não era. O lado bom disto tudo é sem dúvida o pequeno, que entretanto já não é tão pequeno como isso. 36! Que sejam bem melhores do que foram os 35...

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2004
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2003
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.