Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Adivinha!

Adivinha sobre o que vou falar hoje? Um sitio onde posso falar de tudo o que me apetece...

Adivinha sobre o que vou falar hoje? Um sitio onde posso falar de tudo o que me apetece...

Adivinha!

05
Out14

Viva a República!!!!


Milheiras

" Vai raiar um novo sol de Liberdade espancando para bem longe a nuvens sombrias que nos asfixiam. As prerogativas doas grandes senhores cairão por terra como ídolos de barro; a igualdade será um facto; acabar-se-hão as distinções de classes, o povo, êsse bom povo trabalhador e obscuro, terá horas de paz e de felicidade, poderá, como os outros, ascender aos mais altos cargos, desde que tenha inteligência e seja honrado. Ha tantos talentos desconhecidos e ignorados nêsse pobre e humilde povo! É ver como qualquer ideia nobre e elevada lhes empresta uma eloquencia arrebatadora e os faz levar após si centenares de pessoas. Como é lindo o nosso sonho!"

 

in: Sobre um vulcão de José Pereira de Lima

 

 

104 anos depois continua a ser um sonho....

 

 

 

 

20
Mar14

Dia do Pai


Milheiras

Ontem almocei como meu pai.

Mas durante o ano sempre que posso estou com eles.

O meu marido acha que eu os deixo intrometer demasiado na minha vida... Mas são os meus pais e eu quero estar com eles sempre que possa.

Ontem o meu filho disse-me mãe, eu tenho pai, avô e avó, mas o M. não tem pai, ele morreu. Eu fiquei desarmada sem saber o que lhe dizer...

Não gosto destes dias, obrigam as pessoas a celebrar, como se fossemos todos iguais. Hoje houve filhos que choraram porque não tiveram pais, mas também houve pais a chorar porque não tinham os filhos....
Depois, vêm aqueles que tem os pais e os filhos, e muitas vezes obrigam as pessoas a celebrar estes dias  "Ai, eles gostam de celebrar estes dias!" Eu só faço uma pergunta gostarão? Quando temos uma ferida a coisa que mais gostamos é de andar sempre lá a mexer?

Os pais vão estar sempre lá dentro nosso Ser, mas somos obrigados a pensar nisso neste dias... Existem datas só nossas... Eu gosto muito mais do dia do Aniversário do meu filho do que o dia da mãe, ou melhor gosto muito mais do dia 13 de Janeiro que foi quando tive certeza que estava grávida e tive oportunidade de ver o meu alfinete, na altura... E também acho que para a minha mãe o meu aniversário é muito mais importante do que o dia da mãe, e se calhar para o meu pai também. O meu pai é o meu porto de abrigo a minha fortaleza e vai estar sempre lá... eu sei....basta pensar nele....

08
Out13

Pensamentos


Milheiras

Existem tantas coisas sobre as quais gostava de escrever, mas devo ter o síndroma da "folha em branco". Quanto realmente tenho 5 minutos para escrever não me lembro de nada pertinente.

Uma das coisas, que me dá muito que pensar é sem dúvida, o estado do nosso país.

Tive um professor no 9º ano de história, que se chamava Paulo Silva, que sem dúvida nos marcou a todos. E tenho pena de não ter mais maturidade para aproveitar a sabedoria que ele nos transmitia. Mas houve algo que eu nunca esqueci. "A história é cíclica!" De facto, os problemas são sempre os mesmos, mudam é os tempos e os contornos.

Do que tenho medo agora é que caminhemos para o abismo...A abstenção ganha sempre nas eleições, este governo faz o que quer, temos cada vez mais dependentes dos apoios sociais e cada vez menos a contribuir para esses apoios. As pessoas têm medo nem sei bem do que e não têm medo do que temos agora e vão deixando-se levar na onda. Diz-se que nos países civilizados pede-se autorização para fazer manifestações. Então mas afinal o que é uma manifestação?

 

ma·ni·fes·ta·ção
(latim manifestatio, -onis)

substantivo feminino

1. Acto de manifestar ou de se manifestar.

2. Expressão, revelação.

3. Demonstração pública dos sentimentos ou ideias dos membros de um partido ou de uma colectividade.

4. Conjunto de pessoas reunidas publicamente para mostrar ou defender determinadas ideias ou posições.


"manifestação", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/manifesta%C3%A7%C3%A3o [consultado em 08-10-2013].


ma·ni·fes·ta·ção
(latim manifestatio, -onis)
substantivo feminino

1. Acto de manifestar ou de se manifestar.

2. Expressão, revelação.

3. Demonstração pública dos sentimentos ou ideias dos membros de um partido ou de uma colectividade.

4. Conjunto de pessoas reunidas publicamente para mostrar ou defender determinadas ideias ou posições.


"manifestação", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/manifesta%C3%A7%C3%A3o [consultado em 08-10-2013].
04
Jul11

Crise de Valores (não monetários)


Milheiras

E assim ficamos surpreendidos, uma vida toda a conhecer as pessoas (pensamos nós), e na realidade não conhecemos nada, o ser humano é um SER estranho dissimulado. Ludibrioso que anda com a sua mela para atingir um determinado fim, eis quando nós repararmos nisso e chegamos à conclusão que afinal não somos assim tão más pessoas...

Existem muito piores...

Tenho uma professora que diz que nós a maior parte das vezes andamos a despejar o lixo para cima dos outros (maus humores, respostas que ferem), e é verdade!

Mas tenho tentado moderar-me...

Fico desiludida com as pessoas porque estudam e tiram mestrados, mas continuam a pensar pequenino... É triste, o que interessa nesta vida são as relações humanas, o resto tudo cá fica....e se perde...

 

03
Jul11

Gorda mas sem complexos(ou talvez não)


Milheiras

Ontem achei que merecia um peeling corporal e uma massagem. Bolas! Lá por ser gorda não quer dizer que não  goste  de me cuidar, ía um pouco apreensiva porque normalmente as coisas nem sempre estão preparadas para os gordos. Posso dizer que não desgostei da massagem, mas queria ter sentido como uma pessoal normal que decidiu dar um mimo a si própria, não a gorda coitadinha que decidiu dar um mimo a si própria, mas devia era fechar a boca. Com franqueza o maior obstáculo foi a marquesa, que não era muito larga para me deitar de barriga não foi fácil, até porque desde que tive o meu filho, ficar deitada de barriga para mim é desagradável, e depois para me virar?

Depois foi a pergunta do massagista "A senhora tem este peso todo, por aquilo que come, é doença ou da medicação?"

Bolas! Tinha mesmo de fazer esta pergunta, se será que às pessoas normais também pergunta " A senhora tem este peso, porque tem cuidado com alimentação, é doença ou é medicação?" Tinha de me lembrar que eu era uma gorda a fazer peeling e massagem?

Não foi isso que me inibiu de desfrutar da massagem, até porque lá está não me sinto propriamente gorda, mas tenho consciência que estou.

Ontem encontrei uma amiga que já não via há muito tempo, e está muito mais magra e muito mais gira, disse-me que andava no ginásio.

Bem, começo a acreditar que o ginásio faz milagres...

 

05
Jan10

Começar a viver o 2010!


Milheiras

Ainda tenho dificuldade em adormecer e ainda acordo a pensar como tudo foi possivel, como tudo muda de um momento para outro, mas é tempo de continuar a viver.

Na quinta feira já tenho a 1ª frequência e um trabalho para entregar. Agora é um no stop até ao fim do mês, com o trabalho (40/h semanais) mais aulas e frequências, vão dar para apagar um pouco este mau começo de ano! Já mais nos esqueceremos dele, mas  a nossa vida não pode parar. É cruel pensar assim! Mas não há nada a fazer! Temos que viver!

É nestas alturas que eu me pergunto que necessidade tinha eu de tirar outra licenciatura, chamam-me louca, mas tenho esperança de um dia alguem reconheça o meu valor profissional!

Um dia....

Enquanto esse dia não chega dou por mim a procurar mestrados em Gerontologia.(mas só nos dias em que acho esta 2ª Licenciatura, não é uma loucura)!

E por favor não confundam Gerontologia com Geriatria, porque num desses dias de pesquisa dos mestrados de Gerontologia, encontrei um forum onde um jovem licenciado em Enfermagem confundia as 2 àreas.

 

A gerontologia é um campo de estudos interdisciplinar que investiga os fenómenos fisiológicos, psicológicos e sociais e culturais relacionados com o envelhecimento do ser humano. A gerontologia difere da geriatria na medida em que esta última é o ramo da medicina (especialidade) associado ao estudo, prevenção e tratamento das doenças e da incapacidade em idades avançadas.

 

Medicina geriátrica ou Geriatria é o ramo da medicina que foca o estudo, a prevenção e o tratamento de doenças e da incapacidade em idades avançadas. O termo deve ser distinto de gerontologia, que é o estudo do envelhecimento em si.

 

Vide: http://pt.wikipedia.org/wiki/

 

 

17
Dez09

Para a semana é Natal!!


Milheiras

Dizem que o "Natal é quando o Homem quiser", mas a verdade é que de amanhã a 8 dias é dia de Natal do ano de 2009... O medo do fim do milénio já lá vai...Agora que temos as estações do ano e o clima  completamente modificado, ninguém se preocupa....

Não sei se têm sido as minhas leituras se as minhas crenças, mas acho que uma vez já vos disse que no  1º Sábado de Setembro de 2000 um acidente de um amigo fez com que aceitasse o trauma, que me perseguia desde 1988,  da morte num acidente de um primo muito chegado. Esse amigo lutou pela vida e acho que em parte o avô abdicou da vida para ele viver. Não sei porquê mas a verdade é que depois disto tudo afastei-me dele, por não conseguir lidar com tudo o que se seguiu.  Soube agora que teve um grave problema de saude e pergunto-me porque haverá necessidade de um Ser Humano sofrer tanto. Ele que sempre foi uma pessoa dócil, amiga do seu amigo, com uma capacidade de perdão incrível! Talvez isto sirva de ensinamento para todos nós, quando nos queixamos por caganices...

Ainda eu esta semana fiz a figura ridicula de me queixar de uma caganice, por ter ido fazer uma eco renal e o médico andou para me espetar a máquina pela barriga  dentro. Ficou a doer-me. Incrível como posso ser tão piegas ao ponto de me queixar...

Afinal apesar do excesso de peso (e estou a falar a sério), não tenho problemas de saúde, tenho casa, trabalho e um marido que me ama... Aproxima-se mais um Natal e mais uma festa de família, com a família de sempre... do que me queixo???

 

 

Ah, o sismo! Hoje só se fala do sismo. Sim, senti o sismo mas não me apercebi que era um sismo, não tive medo mas a minha gata teve....

09
Dez09

Natal


Milheiras

Estamos a 15 dias do natal, passados 6 anos do início deste blog, pouco ou nada mudou em relação ao mundo e ao Natal, apesar da crise e apesar de todos os apesares....

Mais uma vez este é um mês em que tenho sentimentos contraditórios, felicidade e infelicidade, mas continuo a achar que o mais importante é ter a minha família reunida.

09
Dez09

Parabéns Adivinha!


Milheiras

Pois é...

No passado dia 21 de Novembro o Adivinha fez 6 anos...

Houve tanta mudança na minha vida nestes últimos 6 anos...

Gostava de ter mais tempo para poder partilhar as minhas aventuras e desventuras, mas feliz ou infelizmente não tenho muito tempo.

É o trabalho como assistente administrativa, é o trabalho como formadora...

É a minha ânsia de querer saber mais, com a nova Lic. em EFA (2ºano), são os cursos nocturnos onde sou formanda, o de Higiene e Segurança no Trabalho que por agora me deu férias, mas que eu subtitui por um de Lingua Gestual Portuguesa .

Resta-me pouco tempo para a crónica "O cheiro dos livros", na RTL.

E resta-me pouco tempo para mim e para estes desabafos...

Aproveito para deixar uma sugestão a quem tiver oportunidade de frequentar o curso de Lingua Gestual Portuguesa, que o faça porque vale a pena é uma experiência incrivél, e acreditem que não digo isto de ânimo leve porque durante quase 3 semanas de 2ª a 5ª depois de 8 horas de trabalho tive 4 horas de Lingua Gestual Portuguesa.

 

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2004
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2003
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub