Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Adivinha!

Adivinha sobre o que vou falar hoje? Um sitio onde posso falar de tudo o que me apetece...

Adivinha sobre o que vou falar hoje? Um sitio onde posso falar de tudo o que me apetece...

Adivinha!

21
Mar20

3 meses


Milheiras

Não imagino o que espanhóis e italianos possam estar a sentir, com a doença completamente descontrolada.

É difícil acreditar quando o inimigo é invisível, e faz-me lembrar os filmes que vi sobre Chernobyl.

E não posso deixar de pensar nos refugiados, e nos países mais pobres que travam uma guerra visível todos os dias, como vão encarar esta invisível?

E nós? Depois disto tudo? E como vamos passar por isto?

As pessoas sentem desapoiadas, exigem do Governo ajuda...

Ainda não perceberam que nada ficará igual?

O sistema social é um ciclo, quem trabalha desconta para poderem ser pagos os apoios sociais.

Se entretanto a maioria das pessoas não pode trabalhar, não há dinheiro para os apoios.

Não vai ser fácil, mas temos de ter consciência que todos iremos ter menos dinheiro.

Aqueles que facturam mais nesta fase têm obrigação de descontar muito mais para poder ajudar todos os outros...

É como alguns TI(Trabalhadores Individuais), não pagaram a SS porque não facturam. Então mas o que tínhamos de pagar até dia 20 de Março, ainda se reporta ao mês de Fevereiro, esse já o receberam.

Nos outros países, e na região Autónoma da Madeira, a luz e a água são gratuitas neste período. Porque é que em Portugal Continental , não são???

18
Mar20

Estado de Emergência


Milheiras

Não é o isolamento social que me aflige, é não poder abraçar o meu pai amanhã, nem poder estar com ele no fim de semana...Isso sim, aflige-me é não saber quando volto para os meus...

Se para nós é dificil imagino para eles.

Depois nós tinhamos de ser uma familia diferente, o pai não fica em casa e tem mais trabalho do que o habitual...E nós temos de gerir tudo isto...

Ás vezes pergunto, como é que tudo isto aconteceu????

14
Mar20

Covid 19


Milheiras

Estamos a viver momentos históricos a nível mundial.

O Covid 19, entrou nas nossas vidas de repente, sem dar-mos por isso, não se vê e ataca indiscriminadamente...

As escolas fecharam e apelam a que as pessoas não saiam de casa ou saiam o mínimo possível.

No nosso Alentejo ainda não houve nenhum caso, espero que agora não fujam todos para cá.

O alarme das pessoas é não poderem sair de casa e não respeitam e vão para as praias em grupo.

A mim não me faz confusão nenhum das medidas.

Se estamos simplesmente constipados, devemos a afastar-nos socialmente...

Não percebo porque é que as pessoas não compreendem.

Tenho 2 filhos, sempre tive cuidados com eles, familiares que tiveram de fazer algumas intervenções cirúrgicas, familiares que estão em lares.

Nunca os visitei tendo consciência que estava doente, nunca levei os meus filhos para espaços públicos em fases que havia viroses mais activas.

Infelizmente este verão tive 2 meses, em casa de baixa sem poder sair de casa e sem poder.

As pessoas com doenças oncológicas também sabem o que é isto do isolamento social...

As pessoas por enquanto não tem que estar fechadas em casa, não podem é andar em sítios de risco, e o risco aumenta com a proporção , logo quanto mais gente, mais risco.

 

04
Mar20

Encruzilhada


Milheiras

Resultado de imagem para encruzilhada

E quando cada dia que passa se torna mais claro e mais tenebroso, e quando pensas que não podes apagar o passado porque isso te faz perder o futuro. E quando vês o sofrimento nos olhos de quem mais amas e não sabes o que fazer?

E quando olhas para todos os lados gritas em silêncio e não vês nem entendes como chegaste aqui.

Nem sabes o que fazer...

Continuar é demasiado penoso, ficar é impossível, e não podes voltar para trás.

03
Mar20

Gorda


Milheiras

Resultado de imagem para gordos

Os gordos são uma espécie de humanos diferentes.

Os outros têm dores nas costas é da coluna, os gordos é da gordura.

Os outros não encontram nada de jeito para vestir, é porque é a moda não olha para o conforto só para a estética, os gordos é da gordura.

Os outros vão ao restaurante devem estar a celebrar alguma coisa, os gordos vão ao restaurante porque passam a vida a comer.

Os outros têm uma nódoa, são desastrados. os gordos são porcos.

Os outros são muito activos, os gordos estão sempre sentados ou deitados.

Os outros estão doentes, os gordos são gordos...

Os gordos, são desleixados, feios e porcos.

Não emagressem porque não querem...

Os outros quando saem de casa não têm que pensar a que esplanada ou restaurante que tem cadeiras onde se possam sentar.

Os outros, não têm que lidar com os olhares reprovadores se há mais de um mês que não comes nada doce, mas hoje permitiste a comer um bolo.

Os outros vão ao médico e são ouvidos, os gordos é da gordura, seja o que for...

Como é que eu sei estas coisas??? porque sou gorda.

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2003
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.