Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Adivinha!

Adivinha sobre o que vou falar hoje? Um sitio onde posso falar de tudo o que me apetece...

Adivinha sobre o que vou falar hoje? Um sitio onde posso falar de tudo o que me apetece...

Adivinha!

05
Jan17

Curso para Desempregados nas férias do Natal


Milheiras

Resultado de imagem para esperança

 

 Se há lado positivo em frequentar um curso para Desempregados nas férias do Natal dos miúdos, é sem dúvida a motivação.

 Depois de 1 ano e meio em casa, sem qualquer retribuição monetária, sem respostas aos CV's enviados, a motivação começa a entrar em modo  de carência.

 Frequentar um curso de fomação na viragem do Ano , ajuda sem dúvida ter mais esperança no futuro, a acreditar que é possível.

  Amanhã a termina o curso, vamos ver se para a semana esta força ainda cá está....

 

 

25
Dez13

Natal


Milheiras

Como sabem o natal desperta em mim sentimentos contraditórios. Gostava que a minha passagem por cá fizesse diferença. Neste dia estou em família, mas penso muito naqueles que não podem ou que de uma maneira ou de outra têm um natal difícil. Lá em casa apesar de tudo estamos juntos e isso é que conta. Nem gosto de pensar que um dia podem haver lugares vazios. Como o José Luís Peixoto escreveu :\"na hora de por a mesa éramos cinco\" aqui o número pouco importa, o que realmente importa é que os nossos nestes dias estão sempre connosco.

17
Dez13

Mais uma vez...


Milheiras

O dia hoje teve preguiça de acordar, nem os passarinhos cantaram.  Havia um silêncio profundo... quando foi abruptamente interrompido pelo dobrar do sino.

Longe estávamos que tivesse acontecido tal tragédia.

Galveias acordou mais pobre envolta numa dor imensa pela perda de um dos filhos mais queridos da terra. De novo vê o seu leme sem comandante. Até o dia chora a sua morte.

Quando já cheira a assados e filhós, luzes brilhantes e a Natal.

Se houvesse uma força maior, estas pessoas não partiam muito menos nesta altura do ano.

 

Mais um motivo para não gostar do mês de Dezembro.

 

Não quero deixar de assinalar como todos sabem como é difícil perder os nossos entes queridos... Mas perdê-los nestas alturas festivas é muito complicado...


Para ti Vitória
Para ti Luís
Para ti Dulcínia

Para ti Virgílio
Para ti Joaquim
Para ti Eduardo

Para ti Pedro

Para ti Luís Manuel L.


Deixo a minha humilde homenagem...

 



Por toda toda a minha vida jamais vos esquecerei...

04
Dez13

Dezembro


Milheiras

Como já tenho partilhado Dezembro não é de todo o meu mês de eleição.

1º Não gosto do frio.

2º Não gosto de ter contar tostões todos os meses e tenho sempre a sensação que o mês de Dezembro nunca acaba e é seguido por outro mês interminável (Janeiro)

3º Não sou propriamente fã do Natal.

 

Não é que não goste de ver as ruas com  luzes a iluminá-las, pelo contrário. Acho é que deviam permanecer o inverno todo.

Depois não tenho muita paciência para as compras e por conseguinte para os peditórios (no resto do ano as pessoas não precisam?).

Anda tudo preocupado com família, o ano inteiro não os visitam porque não querem ou dá muito trabalho, mas no Natal temos de ir (pelo menos para ver o que têm para nos dar). Chegam a haver conflitos para casa de quem o familiar vai passar o Natal.

 

 

Para mim o dia de Natal é como outro dia qualquer, nascem pessoas, morrem pessoas. Adoecem pessoas, curam-se pessoas, zangam-se famílias, fazem as pazes famílias, sendo feriado é provável que não haja muitos despedimentos nem muitas admissões. As pessoas choram, riem. Comem se tiveram comer, e não comem se não o poderem comer.

 

O governo devia ter proposto a extinção do Natal e do Ano Novo.

 

Afinal no nosso país a família não é valorizada e no Ano Novo as únicas novidades são o aumento dos bens básicos.

 

Nesta imagem só consigo ver solidão....

(imagem retirada da net)

23
Dez09

Trovoada em pleno Dezembro....


Milheiras

Preparava-me eu para sair do trabalho quando me deparei com algo que não estou muito habituada em pleno Dezembro...UMA TROVOADA! Que estranho!

Nunca me apeteceu ir tanto para casa... Depois de um dia de m* só faltava mesmo uma trovoada... O que vale é que o patrão pela 1ª vez dá o dia todo de amanhã.

23
Dez09

Os Humanos/Desumanos


Milheiras

Sem dúvida que o bicho Homem é o pior de todos os seres vivos, apelidam-nos de humanos quando nada mais somos que desumanos.

Eu não tenho as atitudes mais correctas, é um facto!

Sou ciumenta e invejosa como qualquer outra pessoa, também prejudico os outros, também tento descartar-me da minha culpa. A maior parte das vezes também não sou flor que se cheire, também consigo ser muito cruel.

E nos últimos tempos tenho me assustado comigo própria...Tenho cometido crueldades que eu jamais pensei que as cometeria.

Depois a desculpa é sempre a mesma "tenho andado sobre muita pressão" e depois descarrego em quem e como não devo, mas no fundo isto são só mesmo desculpas...

Se o problema é a pressão porque não dou a volta por cima , continuo a contaminar-me e a contaminar os outros à minha volta.

Nem o espírito de Natal ilumina o meu negro coração....

 

22
Dez09

O mundo dos crescidos...


Milheiras

Quando não queremos explicar aos mais pequenos as nossas parvoíces dizemos que ele não percebe porque faz parte do mundo dos crescidos...

Mas que mundo é este? Que abafou o espírito do natal... E nos torna infelizes, que nos faz faltar ao respeito ao próximo.

Este ano o Pai Natal está a ser substituído por bandeiras com o Menino Jesus, para relembrar que celebramos o nascimento de Jesus e não a chegada do Pai Natal.

Mas não estaremos só a mudar de símbolo/imagem?

Será que dentro de nós existe realmente uma mudança?

Seremos nós mais generosos e compreensivos? Mais calorosos? Mais humildes? Mais pacientes? Mais amigos?

 

17
Dez09

Para a semana é Natal!!


Milheiras

Dizem que o "Natal é quando o Homem quiser", mas a verdade é que de amanhã a 8 dias é dia de Natal do ano de 2009... O medo do fim do milénio já lá vai...Agora que temos as estações do ano e o clima  completamente modificado, ninguém se preocupa....

Não sei se têm sido as minhas leituras se as minhas crenças, mas acho que uma vez já vos disse que no  1º Sábado de Setembro de 2000 um acidente de um amigo fez com que aceitasse o trauma, que me perseguia desde 1988,  da morte num acidente de um primo muito chegado. Esse amigo lutou pela vida e acho que em parte o avô abdicou da vida para ele viver. Não sei porquê mas a verdade é que depois disto tudo afastei-me dele, por não conseguir lidar com tudo o que se seguiu.  Soube agora que teve um grave problema de saude e pergunto-me porque haverá necessidade de um Ser Humano sofrer tanto. Ele que sempre foi uma pessoa dócil, amiga do seu amigo, com uma capacidade de perdão incrível! Talvez isto sirva de ensinamento para todos nós, quando nos queixamos por caganices...

Ainda eu esta semana fiz a figura ridicula de me queixar de uma caganice, por ter ido fazer uma eco renal e o médico andou para me espetar a máquina pela barriga  dentro. Ficou a doer-me. Incrível como posso ser tão piegas ao ponto de me queixar...

Afinal apesar do excesso de peso (e estou a falar a sério), não tenho problemas de saúde, tenho casa, trabalho e um marido que me ama... Aproxima-se mais um Natal e mais uma festa de família, com a família de sempre... do que me queixo???

 

 

Ah, o sismo! Hoje só se fala do sismo. Sim, senti o sismo mas não me apercebi que era um sismo, não tive medo mas a minha gata teve....

09
Dez09

Natal


Milheiras

Estamos a 15 dias do natal, passados 6 anos do início deste blog, pouco ou nada mudou em relação ao mundo e ao Natal, apesar da crise e apesar de todos os apesares....

Mais uma vez este é um mês em que tenho sentimentos contraditórios, felicidade e infelicidade, mas continuo a achar que o mais importante é ter a minha família reunida.

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2003
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.