Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Adivinha!

Adivinha sobre o que vou falar hoje? Um sitio onde posso falar de tudo o que me apetece...

Adivinha sobre o que vou falar hoje? Um sitio onde posso falar de tudo o que me apetece...

Adivinha!

24
Set20

Para onde vamos???


Milheiras

Hoje alguém num programa de TV, dizia que existem más pessoas, porque dá muito trabalho ser boa pessoa.

Estamos cansados de pensar, ou dará muito trabalho?

Saberemos o que queremos, ou só queremos aquilo que não nos faz pensar?

Porque não oferecem novidade? Porquê mais do mesmo???

Num formato mais luxuoso...

De luxuoso, pareceu muito pouco, cenário pobre a fazer lembrar os anos 90 e 80, em que tudo era assim futurista, sem novidades...

Guerra de audiências??? Que sentido faz??? Ofereçam variedade, atrevam-se...

 

29
Ago20

Mais uma partida de uma alma gentil...


Milheiras

Ontem partiu mais alguém... Alguém delicado, com quem privei em criança, alguém que também foi minha catequista, voz suave, uma delicadeza, mas ao mesmo tempo uma força...Uma mulher de armas, no seu renaut 5 creme e mais tarde no seu twingo. Formaram um casal fantastico, recatado mas que tocaram em muitas vidas, a minha foi uma delas, não sei se algum deles soube... Quem se lembrará deles?? Será que eles sentiram que tinham tocado em tantas vidas?? Espero que sim...Quando me lembro deles é com um sorriso... Oxalá não fiquem esquecidos...

26
Ago20

Manter uma vida +/- normal


Milheiras

Tantas são as dúvidas que nos assaltam, nestes tempos estranhos...

Não deviamos todos, estar a tentar mudar de vida?

 A finalmente perceber que o interessa não é o ter, mas sim o ser?

O virus não nos veio dar essa oportunidade???

Mas parece que continua tudo na mesma... o que falta acontecer mais para abrirmos os olhos?

Os casos continuam a aumentar por todo o mundo, mas nós estamos a tentar voltar à normalidade...

Qual normalidade? De ir ao supermercado de máscara???

20
Ago20

O circulo da vida...


Milheiras

Toda a minha vida tenho ouvido dizer que a vida é como um circulo, que tudo se repete. Talvez seja mesmo assim, será que é agora que a vida me vai dar uma oportunidade? Quando tomei algumas decisões na casa dos 20, só via solução para o problema da altura nunca pensei que fosse influenciar a minha vida futura... Hoje vivo com as consequências, tento não pensar muito sobre o assunto para não me culpabilizar. Agora a caminhar a passos largos para os 40 penso, muitas vezes nos sonhos que tinha e que não alcancei... Só tive um sonho que superou as expectativas os meus filhos...

É  degastante, mas adoro ser mãe a tempo inteiro, e eu sou daquelas mães que deixa tudo para brincar com os filhos, ler, contar umas piadas, ver um filme, jogar um jogo...

Quero que sintam que estou aqui para eles...

02
Ago20

Dia 215


Milheiras

Hoje é o dia 215º do ano de 2020.

Em 8 meses temos a sensação que passaram 8 anos.

Tem sido um ano duro e confuso, que nos tem posto a pensar...

Bem, para dizer a verdade, a alguns não.

Nós seres humanos, que chamamos aos outros animais de espúpidos...

Quando observamos um formigueiro, podemos ver que vão tão obstinadas que contornam todos os obstáculos que lhe surjam, para chegar ao buraquinho, mesmo que o buraquinho esteja cheio de cola, de pó ou outra subtância qualquer, apesar de isso lhe trazer a morte, não interessa...

Sinto que nós estamos a ser essas formigas, obstinadas por manter uma vida igual à que tinhamos antes da pandemia, sem quereremos ver que nada poderá ser igual...

Agoara estva na altura de corrigir e respensar tudo o que nos rodeia...Mas não, insistimos em recosntruir tudo tal como estava...

O que será que é preciso que apareça mais , para vermos as coisas com outros olhos?

31
Jul20

A novela da minha vida


Milheiras

Ás vezes parece que consigo sair da minha vida e assistir como espectadora  da minha própria vida.

Sim, é confuso, mas é real...

Parece que às vezes consigo ver a coisas com uma clareza impressionante, mas não consigo intervir. 

É assustador...

 

07
Mai20

Dia X ª


Milheiras

Continuo sem saber,  há quanto tempo estou em casa.

Mas esta semana a nossa "Jóia mais precisosa", fez anos e os avós não aguentaram quebraram o isolamento e vieram nos visitar, foi estranho, não nos abraçarmos...

São tempos estranhos e dificeis, mas agora parece que ainda é mais dificil...

Tenho tantas, tantas saudades...

23
Abr20

Confinamento/ Isolamento Social


Milheiras

Continuo a recusar contar os dias...

Continuo a ler, a ouvir queixas sobre este confinamento.

Só estamos fechados na nossa casa...

Como é difícil de ter medo de um inimigo invisível, quando se deu o acidente em Chernobyl, as pessoas queriam continuar a fazer as suas vidas, mas muitas tiveram de deixar as suas casas e toda a realidade que conheciam por um inimigo invisível.

As crianças estão fechadas, em casa. Não é fácil, mas têm todas as suas coisas...

Anne Frank e tantas outras crianças, sótãos, caves, armários, meses e com sorte anos...sem puderem brincar, nem fazer ruídos, porque ninguém podia saber que estavam ali...

E pelo mundo, quantas e quantos passaram por adversidades???

Estariamos esquecidos ou demasiado iludidos??

Será que mais ninguém pensa nisto?

Só quando voltamos ao normal?

 

 

 

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2003
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.